Menu

O esporte branco

 esporte brancoAll England Club

As quadras de grama do All England Lawn Tennis and Croquet Club são o maior palco da história do tênis. Desde a primeira competição, em 1877, até os dias de hoje, o torneio de Wimbledon é puro charme e tradição.

E tradição é uma questão de honra para os ingleses, que passeiam pelo aconchegante bairro a sudoeste de Londres em trajes elegantes. Os homens, de terno e gravata. As mulheres, de vestido e chapéu.

E nas quadras, mais tradição: o uniforme branco é obrigatório!

Mesmo com a autorização de pequenos detalhes coloridos nas peças e equipamentos a partir de 1968, o tênis ainda é conhecido como “esporte branco”.

O Grand Slam inglês definiu o padrão dos uniformes em 1880. Mas as mulheres tentaram derrubar essa regra desde o início do campeonato no século 19.

O responsável por transformar a quadra de grama em passarela foi Ted Tinling, um dos mais influentes profissionais na história do esporte. Ex-tenista, espião e árbitro, o britânico encontrou o sucesso na moda ao criar vestidos exclusivos e ousados para as divas Suzanne Lenglen, Gertrude Moran, Lea Pericolli, Chris Evert, Billie-Jean King, Maria Esther Bueno e Martina Navratilova.

tedtinling girls Ted Tinling e suas musas

Em 1949, Gertrude Moran perguntou à diretoria de Wimbledon se poderia usar um uniforme colorido pela primeira vez na história. O pedido foi prontamente negado, mas Gussy (como era conhecida) roubou a cena ao usar uma calcinha de renda por baixo do vestido, durante uma partida na quadra central. A foto apareceu nas primeiras páginas dos jornais e Ted Tinling foi afastado do torneio.

tedtinling gertrudegussieGussy Moran e a polêmica calcinha

Lea Pericolli também chamou a atenção do mundo com um lindo vestido do renomado estilista britânico em 1965.

tedtinling LeaLea Pericolli

Um dos nomes mais respeitados em Wimbledon, Maria Esther Bueno ganhou 8 títulos na grama e as manchetes da mídia quando usou um vestido com forro cor de rosa criado por Ted Tinling em 1962. "Na hora de sacar a minha saia ia para cima e o público via o forro rosa-choque. Foi um escândalo!".

mariabuenoMaria Esther Bueno

Depois disso, a exigência da cor predominantemente branca nos uniformes foi reforçada pela organização do Grand Slam, que ainda limita a quantidade e o tamanho dos logotipos das marcas.

O legado que Ted Tinling deixou para a história, hoje pode ser visto no International Tennis Hall of Fame.

DSCN0458

DSCN0459

 

DSCN0461

DSCN0503

DSCN0505

DSCN0498

DSCN0506

Preferências à parte, confesso que sou apaixonada pela grama, pelos uniformes brancos, pelo All England Club e por toda a tradição que faz de Wimbledon o torneio mais encantador da história.

Fotos: Getty Images e Ariana Brunello

voltar ao topo